Ciência Aberta é uma das prioridades da Presidência Holandesa da UE

presidência holandesaA Holanda assumiu a presidência europeia no dia 1 de janeiro de 2016, a qual durará 6 meses. Tornar a Europa mais inovadora será o tema central do Conselho (Competitividade) que se ocupa de quatro grandes domínios de ação incluindo a investigação e a inovação.

A Europa precisa de se tornar mais inovadora e neste sentido a criação de um único Espaço Europeu de Investigação é uma ambição. Para este fim, a presidência Neerlandesa está focada em três áreas: 1) investimento efetivo na investigação e inovação; 2) regras que incentivam a investigação e a inovação e 3) acesso ao conhecimento científico, publicações e dados de investigação para todos: Ciência Aberta.

Esta orientação da Presidência Holandesa está alinhada com as três prioridades da Comissão Europeia na área da Investigação, Ciência e Inovação que são Inovação Aberta, Ciência Aberta e Abertura para o Mundo (Open Innovation, Open Science & Open to the World), tal como enunciadas pelo comissário Carlos Moedas.

De entre o conjunto de eventos planeados para os próximos meses destaca-se a Open Science Conference, que será realizada a 4 e 5 de abril em Amesterdão, onde será discutida a importância da Ciência Aberta para a Europa e onde será apresentada a Open Science Platform.

Associada às atividades da Presidência Holandesa, irá decorrer a 17 e 18 de maio também em Amesterdão, a conferência final do projeto PASTEUR4OA onde será discutido o atual contexto do Acesso Aberto por peritos, financiadores, instituições de investigação e decisores políticos de toda a Europa. Portugal estará representado pela Universidade do Minho e pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

Todas estas iniciativas demonstram um crescente reconhecimento, por parte dos decisores políticos, que o impacto do investimento em ciência pode ser ampliado, melhorando a divulgação e o acesso ao conhecimento científico, ou seja, praticando ciência aberta e promovendo o acesso aberto, colocando os resultados de investigação financiados por programas públicos disponíveis para todos.

Utilizemos assim – passo a passo – a ciência, a investigação e a inovação da Europa para alcançar a prosperidade sonhada pelos fundadores do Projeto Europeu – Comissário Carlos Moedas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s