Boas práticas: associação de identificadores (CiênciaID / ORCID) a autores

Sabia que a associação de identificadores (CiênciaID / ORCID ) aos autores é um procedimento muito simples?

Já realiza a operação mas ainda tem algumas dúvidas?

Os procedimentos relacionados com a adopção de um primeiro conjunto de novas funcionalidade têm como objetivo promover a integração dos Repositórios Institucionais integrados no Serviço de Alojamento de Repositórios Institucionais (SARI’s) da rede RCAAP no ecossistema do PTCRIS. Essas novas funcionalidades consistem na criação de um índice de autoridade, baseado no CiênciaID e no ORCID, que permite aos Gestores de repositórios ou a outros Utilizadores com permissão de depósito, associarem identificadores únicos (CiênciaID e ORCID) a nomes de autores.

Esta funcionalidade prevê que, no acto de depósito, o depositante possa associar o nome de um autor a um identificador único, neste caso particular a um identificador CiênciaID ou a um identificador ORCID. Esta associação, quando exposta a outros sistemas, vai permitir relacionar autores com publicações, projetos, instituições, etc. Este tipo de associação assume uma importância amplificada, entre outras situações, nos seguintes cenários:

Circulação da informação – Será mais fácil fazer circular a informação entre sistemas (máquina – máquina) uma vez que se pode invocar um identificador de autor e fazer passar toda, ou parte, da informação relacionada com esse autor;

Propagação da informação – A ideia de depositar uma vez e re-utilizar múltiplas vezes será mais facilmente atingida. Um autor pode depositar as suas publicações no repositório da sua instituição e propagar essa informação para outros sistemas invocando unicamente o seu identificador de autor (processo também válido no sentido inverso, ou seja, para importar para o repositório);

Tarefas de reporting – Obter informação sobre a produção científica de determinado autor, projetos de financiamento associados a essa produção, produções associadas a instituições, entre outras, podem ser obtidas invocando unicamente os identificadores dos autores.

No contexto do DSpace, o conceito de autoridade envolve uma qualquer fonte externa de dados que permita associar um identificador único e persistente que corresponde a uma associação entre o índice e o nome de um autor. No caso da presente implementação serão utilizadas duas fontes de autoridade: Ciência ID e o ORCID.

Para que a utilização desta funcionalidade decorra em pleno, pressupõe que o autor possua, necessariamente, um dos identificadores anteriormente referidos: CiênciaID ou ORCID. O mecanisno de validação do autor poderá ainda ser mais facilitado se o mesmo possuir um Curriculum Vitae na plataforma Ciência Vitae (a utilização desta plataforma implica autenticação via CiênciaID) e se o perfil ORCID for público.

Recordamos que esta associação pode ser feita em três momentos:

● Associação num novo depósito
● Associação num depósito existente
● Tarefas de curadoria

No contexto dos SARI’s, para relembrar ou para saber como fazer, consulte o procedimento disponível na plataforma eLearning do Projeto RCAAP, nas disciplinas: SARI – Repositórios Institucionais e/ou Repositório Comum.

ConfOA 2019: prolongado prazo de submissão de trabalhos

Foi prolongado até ao próximo dia 15 de abril de 2019 o prazo para submissão dos trabalhos para a 10ª Conferência Luso-Brasileira de Ciência Aberta (ConfOA), que este ano viaja até à Amazónia e decorrerá em Manaus, de 1 a 4 de outubro.

O processo de apresentação e modelos das propostas estão disponíveis para consulta e download no website da ConfOA em: http://confoa.rcaap.pt/2019/submissoes-on-line/

Assim, convidamos a comunidade a apresentar propostas de trabalhos sobre os seguintes temas:

  • Acesso Aberto e Dados de Investigação Abertos: sistemas, políticas e práticas
    • Repositórios digitais – institucionais, temáticos, de dados de investigação ou de património cultural
    • Revistas científicas de acesso aberto e tendências na comunicação e divulgação científica
    • Publicação institucional em acesso aberto
    • Gestão e partilha de dados de investigação – princípios FAIR, planos de gestão dados e infraestruturas para a gestão de dados de investigação
    • Definição, análise e avaliação de políticas institucionais e de financiadores
    • Modelos e padrões de metadados
    • Preservação Digital
    • Direitos de autor e acesso aberto
  • Ciência Aberta e outras expressões de conhecimento aberto
    • Ética, Integridade da Investigação e RRI (Investigação e Inovação Responsáveis)
    • Modelos tradicionais e alternativos de avaliação da Ciência (bibliometria e métricas alternativas)
    • Ciência cidadã
    • Dados governamentais abertos
    • Outras práticas de conhecimento aberto (hardware e software livre, educação aberta)
  • Gestão de informação de Ciência e Tecnologia
    • CRIS – Sistemas de Gestão de informação de Ciência e Tecnologia
    • Interoperabilidade entre sistemas de informação de apoio à atividade científica e académica
    • Normas e diretrizes
    • Identificadores persistentes

Acolheremos propostas sobre estes temas, bem como outros relacionados com os aspetos políticos, sociais, organizativos ou técnicos relacionados com a Ciência Aberta. Os trabalhos aceites serão publicados na Revista Ciência da Informação.

A Comissão Organizadora aguarda expectante a receção dos vossos trabalhos!

Acompanhe-nos nas redes sociais: Facebook: https://goo.gl/wQZHIR  e Twitter: https://twitter.com/confoa

Projeto RCAAP celebra o Carnaval

Presentemente o Carnaval comemora-se um pouco por todo o país e o Projeto RCAAP alia-se às comemorações.

Nesta quadra repleta de tradições de norte a sul do país, não deixe de consultar e partilhar o que o portal RCAAP agrega sobre a temática:

No Carnaval ninguém leva a mal! Pode parecer uma afirmação descomedida, mas a verdade é que o Carnaval é sinónimo de diversão, criatividade, sátira e muita folia.

Também conhecido como Entrudo, o Carnaval é uma festa pagã que se comemora em Portugal, sempre a uma terça-feira, 40 dias antes do domingo de Páscoa. Este intervalo de tempo é denominado pela Igreja Católica de Quaresma, período marcada pelo “adeus à carne” dado que, no dia seguinte, se inicia o período de jejum e privações.

Revista de Ciências Agrárias junta-se ao Portal RCAAP

A Revista de Ciências Agrárias pertencente à Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal (SCAP) passou a integrar o Portal RCAAP. Publica artigos científicos ou técnicos e revisões bibliográficas na área das ciências agrárias e de outros assuntos relacionados com a temática.

A sua política de acesso aberto indica que “os artigos publicados são de acesso livre na rede pública de internet, sendo permitido a qualquer utilizador a leitura, descarregamento, cópia, distribuição, impressão, pesquisa ou ligação aos textos destes artigos, indexação, alimentação como dados a software, ou usá-los para qualquer outro objetivo no cumprimento da lei, sem barreiras financeiras, legais, ou técnicas para além daquelas inseparáveis do processo de acesso à internet em si”.

Presentemente possui 845 registos agregados no Portal RCAAP.

Revista da SPACV integra Portal RCAAP

A Revista Angiologia e Cirurgia Vascular, revista oficial da Sociedade Portuguesa de Angiologia e Cirurgia Vascular, passou a integrar o Portal RCAAP.

Trata-se de uma revista com revisão por pares que oferece publicação gratuita e acesso livre a artigos sobre angiologia e cirurgia vascular, pequenos artigos e novas técnicas de diagnóstico e tratamento.

É possível submeter editoriais, artigos originais, revisões, relatórios clínicos, notas terapêuticas, novas técnicas e tecnologias, artigos curtos originais e cartas ao editor.

Presentemente possui 107 registos agregados no portal RCAAP.

Cadernos BAD disponibiliza atas da 9ª ConfOA

Foi publicado o número dos Cadernos BAD (nº1, 2018) o qual disponibiliza quase todos as comunicações e pechas kuchas apresentados na 9ª Conferência Luso-Brasileira de Acesso Aberto (ConfOA) realizada nos dias 2, 3 e 4 de outubro de 2018, no ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa, em jeito de encerramento dos trabalhos relativos à ConfOA 2018.

Como descrito no editorial deste número, os trabalhos que aqui se publicam “abrangendo um largo espectro temático, que vai desde a gestão de dados científicos, até à publicação de revistas científicas ou as políticas de Acesso Aberto, passando pelas questões dos direitos de autor, da bibliometria, da interoperabilidade e dos sistemas de gestão de informação científica“.

Encontramo-nos em Manaus – Amazonas no Brasil, de 1 a 4 de outubro, para a ConfOA 2019.

Novo Portal RCAAP disponibiliza novas funcionalidades

O Portal RCAAP é a componente central do Projeto RCAAP (Repositórios Científicos de Acesso Aberto) e tem como objetivo a recolha, agregação e indexação dos conteúdos científicos existentes nos repositórios institucionais e nas revistas científicas das entidades nacionais de ensino superior e outras organizações de I&D.

Ao longo do tempo de vida do Projeto verificou-se cada vez mais a necessidade de obter mais informação estruturada dos recursos agregados. Esta carência de informação era evidente para o desenvolvimento de serviços ao nível do Portal RCAAP, desde a integração com as teses e dissertações até aos relatórios do financiamento da FCT. Neste sentido, o projeto tinha como ambição disponibilizar para a comunidade científica uma nova geração de serviços integrados no ecossistema científico nacional, usando o quadro normativo do projeto PT-CRIS e que pudesse estar alinhado com os interesses dos diversos intervenientes (investigadores, gestores de ciência, instituições, financiadores, governo), mas também alinhado com as práticas e diretrizes internacionais no que diz respeito, por exemplo, à nova geração de repositórios promovida pela Confederação de Repositórios de Acesso Aberto (COAR).

Por outro lado, havia a necessidade de desenvolver novas funcionalidades para todos os interveninetes no sentido de reutilizar a informação de vários serviços integrados, nomeadamente:

  • Gestão do processo de agregação totalmente reformulado

Um dos componentes essenciais do novo Portal é o processo de agregação que permite que vários esquemas de metadados sejam integrados (oai-dc; xoai; oai_openaire). Por outro lado, após a sua agregação, os metadados são uniformizados para o modelo de dados local do serviço e após esse processo, seguem um workflow definido e configurável para cada tipo de recurso (revista, repositório) que apresentamos de seguida:

                            a) transformação

Este processo de transformação dos metadados permite efetuar correções de elementos de metadados e identificar estruturas conhecidas, como ligações de licenças Creative Commons que são integradas num campo próprio internamente. Permite ainda transformar valores conhecidos das diretrizes DRIVER ou OpenAIRE para os COAR access types e COAR document types definidos no âmbito das diretrizes OpenAIRE 4.0

                            b) enriquecimento

O processo de enriquecimento é composto por vários módulos já existentes e aos quais podem ser adicionados outros. Para já existe a extração do texto integral dos trabalhos para melhorar o processo de pesquisa, e no futuro está prevista a extração dos identificadores de autores e a confirmação se possuem um Ciência Vitae.

                            c) validação

A validação da qualidade dos metadados tem sido uma aposta importante no projeto e neste processo está também considerada. Esta validação permite identificar quais os trabalhos que não cumprem com determinadas regras definidas no âmbito das condições de agregação do Portal.

Após este processo de validação, os trabalhos sem erros são integrados no Portal RCAAP para efeitos de pesquisa e disponibilizados nos diferentes interfaces OAI-PMH e API.

A API do Portal RCAAP é pública e permite acesso às publicações do Portal. O output da interface é JSON, sendo possível solicitar os pedidos em XML ou JSONP. Sendo uma API REST, é agnóstica face à linguagem de programação a usar na integração e obedece à especificação OpenAPI (OAS). Neste contexto, foi mantida a versão 1 anterior e está a ser desenvolvida uma versão 2 com informação mais rica e pormenorizada.

Ao nível do interface OAI-PMH, este foi totalmente recriado usando a mesma aplicação usada no DSpace, o XOAI. Esta aplicação teve origem no plugin desenvolvido no âmbito do projeto RCAAP para um interface OAI-PMH estendido (oai extended addon). Além de disponibilizar os mesmos conjuntos de informação, tem um novo conjunto que permite a exposição do link para o texto integral dos registos nos repositórios.

A página de cada recurso integrado no Portal foi também alterada, possuindo agora indicadores do número de documentos agregados e a sua tipologia de acesso associada ao longo do tempo. Inclui ainda uma lista de projetos identificados em cada recurso.

O Portal RCAAP lançará esporadicamente novas funcionalidades baseadas nesta reestruturação de fundo do processo de agregação e gestão de metadados!

Três novas revistas da UP integram o Portal RCAAP

Linguística, Linguarum Arena e Cultura, Espaço & Memória, são as últimas revistas da Universidade do Porto a integrar o Portal RCAAP.

Trata-se de uma revista da Faculdade de Letras e do Centro de Linguística da UP com início de atividade em 2006, com disponibilização de um volume anual, e que tem por missão disponibilizar artigos sobre qualquer tópico linguístico.

Presentemente tem 162 registos agregados no Portal.

Linguarum Arena: revista do Programa Doutoral em Didática de Línguas da Universidade do Porto lançou o primeiro volume em 2010 e tem como objetivo primordial a divulgação de trabalhos sobre a didática de línguas que prevaleçam pela qualidade e pela relevância, em termos teóricos e empíricos.

Até ao próximo dia 31 de dezembro encontra-se a decorrer o período de submissão de trabalhos originais subordinados ao tema: Para uma história das ideias didáticas da língua estrangeira e da língua materna.

Atualmente tem já 86 registos integrados.

A revista Cultura, Espaço & Memória, editada pelo Centro de Investigação Transdisciplinar, tem uma periodicidade anual e disponibiliza acesso livre aos conteúdos, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Para esta revista o Portal RCAAP agrega 196 registos.

Decorre de 22 a 28 de outubro a Semana Internacional do Acesso Aberto

Arranca hoje a Semana Internacional do Acesso Aberto, evento global com atividades à escala local, que tem como objetivo disseminar o Acesso Livre ao Conhecimento, com o lema: Designing Equitable Foundations for Open Knowledge.

Esta iniciativa teve início em 2007 com um “dia do acesso livre” e desde 2009 que tem vindo a crescer tendo sido prolongada e transformada em “Semana do Acesso Aberto”.

Como tem sido habitual, trata-se de um evento promovido pelo SPARC (Scholarly Publishing and Academic Resources Coalition). Toda a informação relacionada com a atividade internacional está disponível em www.openaccessweek.org.

A adesão do Projeto RCAAP a esta iniciativa ocorre no âmbito das suas atividades de comunicação. Tem como propósito reunir sinergias para fazer desta semana, um evento significativo a nível nacional, com impacto no meio científico e académico e, deste modo, reforçar a importância dos repositórios institucionais e, em consequência, promover o Acesso Aberto em Portugal.

Recomendamos que todas as Instituições / Revistas nos façam chegar, em diferentes formatos, todas as atividades que pretendem realizar neste âmbito.

Convidamos cada um de vós a consultar o website, a reutilizar os materiais promocionais e a consultar e aplicar o kit de apoio à divulgação da OAW, ferramentas produzidas no âmbito do grupo de trabalho de divulgação do projeto RCAAP.

As iniciativas individuais ou coletivas são importantes!

Saibam +  em:

http://www.acessolivre.pt/semana/

https://www.facebook.com/rcaap

Comemoração do 10º aniversário do Projeto RCAAP: programa e inscrições

Realiza-se no próximo dia 17 de dezembro, no Auditório da Reitoria da Universidade de Coimbra, um evento  dedicado ao décimo aniversário do Projeto RCAAP – Repositórios Científicos de Acesso Aberto de Portugal, com o objetivo de reunir a Comunidade para partilhar e refletir sobre o passado, presente e futuro do projeto RCAAP.

O evento organizado pela FCT/FCCN, a UMinho e a UC contará com a participação de uma convidada internacional e vários nacionais que irão partilhar experiências e memórias e perspetivar desafios e planos para o futuro.

O evento decorrerá entre as 10h00 e as 16h30 de acordo com o seguinte programa. A inscrição, gratuita, é obrigatória e deverá ser feita até ao próximo dia 1 de dezembro.

Queremos desde já convidar toda a Comunidade RCAAP a participar neste evento o qual se pretende que seja um espaço de debate e partilha de experiências.

Esperamos receber-vos a todos na UC a 17 de dezembro de 2018!