Próxima geração de repositórios institucionais: chamada para comentários públicos

A Confederação de Repositórios de Acesso Aberto (COAR) anuncia a publicação dos resultados iniciais do Grupo de Trabalho COAR Next Generation Repositories para comentários públicos.

coarEm abril de 2016, a COAR lançou um grupo de trabalho para identificar novas funcionalidades e tecnologias para os repositórios e desenvolver mecanismos para a sua adoção.

O objetivo é posicionar os repositórios como a base para uma infraestrutura distribuida, globalmente em rede para a comunicação académica, acrescentando serviços de valor acrescentado, transformando o sistema, tornando-o mais centrado na pesquisa, aberto e apoiante da inovação.

Subjacente a essa visão está a ideia de que uma rede distribuída de repositórios pode e deve ser uma poderosa ferramenta para promover a transformação do ecossitema, ou seja, a comunicação académica. Neste contexto, os repositórios permitirão o acesso a artigos publicados com uma ampla gama de informação, além de publicações tradicionais, tais como documentos de trabalho, imagens, entre outros.

O grupo de trabalho apresenta 12 testemunhos de utilizadores que deliniaram funcionalidades para os repositórios, os quais recomendamos, vivamente, que consultem e comentem: nextgenrepo.coar-repositories.org

Pretende-se ter um feedback generalizado da comunidade, pelo que, todos os comentários são importantes!

Os comentários ao público estão abertos de 7 de fevereiro a 3 de março de 2017.

Anúncios

Notícias da Confederation of Open Access Repositories (COAR)

COAR

Realizou-se nos dias 21 e 22 de março de 2014, em Roma, uma reunião do COAR (Confederation of Open Access Repositories). O encontro reuniu representantes de Austrália, Canadá, China, Europa, América Latina e Estados Unidos.

Desta reunião  destaca-se a importância de se criar uma infraestrutura global, para além das fronteiras geográficas. Contudo, tem vindo a realizar-se um esforço geral para a criação de redes de repositórios que permitem o acesso a conteúdos de investigação como artigos e dados. São uma importante fonte de informação para governos, agências de financiamento e instituições para que se perceba o impacto da investigação financiada por estes organismos.

As redes de repositórios regionais representam os contextos locais e diferem muitas vezes entre elas. Conseguir um alinhamento destas redes irá permitir a troca de informação e de dados, melhorando o acesso aos conteúdos entre as regiões e permitindo extrair o máximo de valor dos resultados da investigação.

É neste contexto que se irá realizar nos próximos dias 21 e 22 de maio, em colaboração com o OpenAIRE , no Museu da Acrópole em Atenas, o Encontro Anual do COAR que irá centrar-se nas formas como as infraestruturas de Acesso Aberto estão a ser implementadas em todo o mundo.

As sessões irão focar-se na interseção entre os repositórios e as bibliotecas, incluindo os serviços que estas podem prestar aos investigadores.

1ª Assembleia Geral do COAR

Realizou-se no dia 2 de Março de 2010, na Faculdade de Ciências da UNED Madrid a 1ª Assembleia Geral do COAR – Confederation of Open Access Repositories (http://coar-repositories.org/). Esta organização pretende promover e apoiar a expansão do Open Access através do desenvolvimento de normas e recomendações internacionais de interoperabilidade, advogando políticas de Open Access de organismos financiadores e instituições e trabalhando para aumentar as taxas de depósito e auto-arquivo nos repositórios.

Dos principais pontos da Assembleia Geral destaca-se a discussão e aprovação dos estatutos da associação, do tipo de membros e respectiva quota e ainda a apresentação do plano estratégico e orçamento para 2010. A assembleia foi viva e intensa já que nela participaram representantes de várias instituições de todo o mudo com papéis relevantes para o movimento de Open Access.

Portugal esteve representado pela FCCN (João Moreira), Universidade do Minho (Eloy Rodrigues) e pela Universidade do Porto (Eugénia Fernandes). Esperamos que este número venha a aumentar nos próximos meses.

COAR: uma nova organização para promover o Open Access

Signatários da fundação da COARFoi hoje formalmente constituída, em Gent na Bélgica, uma nova organização para promover o acesso livre à literatura científica: COAR –  Confederation of Open Access Repositories.

A nova organização pretende promover e apoiar a expansão do Open Access através do desenvolvimento de normas e recomendações internacionais de interoperabilidade, advogando políticas de Open Access de organismos financiadores e instituições e trabalhando para aumentar as taxas de depósito e auto-arquivo nos repositórios.

A COAR foi fundada hoje de manhã, com a assinatura formal da constituição e a realização de uma primeira Assembleia Geral (onde foi eleito o primeiro Executive Board), por 28 organizações interessadas e activas no domínio do Open Access, de vários países europeus, bem como do Canadá, China, Estados Unidos e Japão.

Entre os 28 fundadores da COAR contam-se as duas organizações portuguesas com responsabilidade executiva no projecto RCAAP: a Fundação para a Computação Científica Nacional e a Universidade do Minho.

A Confederation of Open Access Repositories irá agora procurar alargar significativamente o número dos seus membros e estabelecer um plano de trabalho para o próximo ano. Certamente voltará a ser tema de outros posts neste blog.