Diacrítica passou a integrar o Portal RCAAP

A Diacrítica, revista científica editada pelo Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho (CEHUM) desde 1986 e subsidiada pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), dedica-se aos estudos literários, culturais e linguísticos.

Desde janeiro de 2017 é publicada também em formato eletrónico, com periodicidade trimestral.

Aceita para publicação artigos originais assim como recensões críticas nas áreas dos estudos linguísticos, literários e culturais, da filosofia, e das artes performativas e musicais, conforme as temáticas definidas para cada volume. Cada número mantém ainda uma secção atemática.

Aceita artigos escritos em língua portuguesa, inglesa, francesa e espanhola, respeitando os padrões ortográficos vigentes em cada língua.

A revista está registada com o ISSN 0870-8967 (formato em papel) e 2183-9174 (formato eletrónico) e está licenciada com uma Licença Creative Commons CC BY-NC.

Atualmente tem já 7 registos integrados.

Versão 2.4.8.2 do OJS já disponível no serviço SARC

No âmbito do Projeto RCAAP disponibilizou-se a versão 2.4.8.2 do Open Journal Systems (OJS), em todas as revistas científicas que integram o Serviço de Alojamento de Revistas Científicas (SARC).

O Open Journal Systems (OJS) é uma solução de código aberto para gestão e publicação de revistas científicas desenvolvido pelo Public Knowledge Project (PKP), fornecendo a infraestrutura técnica não apenas para apresentação online de artigos, mas também todo o workflow inerente (submissão, revisão e publicação).

Tem por objetivo reduzir o tempo das tarefas administrativas associadas à edição de uma revista, assim como disponibilizar qualidade à manutenção dos registos e eficiência aos processos editoriais, através de uma série de inovações que torna os processos mais transparentes e de melhor indexação.

O software tem por base a arquitetura de plugins, semelhante a outros projetos disponíveis na comunidade, como por exemplo o WordPress, que permite que outras funcionalidades (COUNTER, Feds de RSS, entre outros) sejam integrados sem que seja necessário proceder à alteração de todo o código principal.

CALL: Acolhimento da 9ª Conferência Luso Brasileira de Acesso Aberto

Período de manifestações de interesse e candidaturas

Informam-se todas as instituições do sistema científico e de ensino superior nacional que se encontra aberto o período para apresentação de candidaturas para acolhimento da 9ª Conferência Luso Brasileira de Acesso Aberto.

As conferências Luso Brasileiras de acesso aberto surgiram na sequência do Memorando de Entendimento assinado entre os Ministros da Ciência e Tecnologia de Portugal e do Brasil em outubro de 2009. A primeira foi organizada em 2010 pela Universidade do Minho e a oitava irá realizar-se-á de 4 a 6 de outubro de 2017 no Rio de Janeiro, Brasil.

Estas conferências pretendem reunir as comunidades brasileiras e portuguesas que desenvolvem actividades (pesquisa, desenvolvimento, gestão de serviços, definição de políticas, etc.) relacionadas com o acesso aberto e a ciência aberta.

As instituições que estejam interessadas em acolher a 9ª Conferência Luso Brasileira de Acesso Aberto deverão, até ao dia 3 de Julho de 2017, comunicar esse interesse enviando uma mensagem de correio electrónico para o endereço info@rcaap.pt, com os seguintes elementos:

  1.    Nome e breve caracterização da instituição;
  2.    Motivação para acolherem a conferência;
  3.    Composição da comissão organizadora local (2 a 3 elementos) que será responsável por, em articulação com a comissão organizadora permanente portuguesa e brasileira, organizar a conferência;
  4.    Caracterização dos espaços considerando que:
  5. a)    É necessário um auditório com capacidade para cerca de 300 pessoas;
  6. b)    São necessários espaço(s) junto ao local da conferência para afixação dos posters, para a realização de coffee breaks e de almoços, e para o registo dos participantes;
  7. c)    É desejável dispor de outra sala/auditório com capacidade para cerca de 100 pessoas (para o caso de ser necessário realizar sessões paralelas);
  8. d)    É desejável dispor de 1 ou 2 salas pré/pós evento, com capacidade para entre 50 e 100 pessoas, para eventuais tutoriais/oficinas conferência;
  9.   Caracterização dos serviços de áudio e vídeo indicando não apenas as principais características do equipamento disponível em cada um dos espaços como também os potenciais recursos para os operarem;
  10.   Confirmação da disponibilidade em assegurar as actividades de logística considerando que é necessário tratar dos aspectos relacionados com as inscrições e coffee-breaks de todos os participantes; o alojamento, viagens e refeições dos convidados; o merchandising (pastas/mochilas, pendurantes/crachats e eventualmente outros materiais) e ainda materiais de promoção, divulgação e sinalética bem como a relação com potenciais patrocinadores;
  11.    Custos a suportar pela FCT|FCCN. Considerando uma estimativa global dos custos totais do evento (viagens e alojamento de convidados, merchandising e materiais de promoção, coffee-breaks, refeições dos membros da comissão organizadora, científica e convidados, etc.), a existência de eventuais patrocínios e de suporte financeiro da própria instituição, quais os custos que teriam de ser suportados pela FCCN.

A FCT|FCCN assegurará a disponibilização e a gestão da plataforma de gestão da conferência.

AUP no portal RCAAP

A Revista Ata Urológica Portuguesa (AUP) passou a integrar o Portal RCAAP.

Trata-se de uma revista científica de Acesso Aberto que tem como objetivo publicar artigos nas áreas da urologia, oncologia urológica, urologia pediátrica, andologia, transplante renal e nefrologia.

Aceita artigos em português e/ou inglês. Publica contribuições consideradas oportunas, práticas e de última geração sobre pesquisa clínica e experiência em campos relevantes.

Atualmente tem já 7 registos integrados.

25 de Abril, hoje e sempre…

O 25 de Abril de 1974 trouxe a mudança a um povo que vivia imergido na tristeza e no receio. Desde essa data, Portugal passou por muitas alterações transversais às mais variadas áreas da sociedade.

Um pouco por todo o país será celebrado o 43º aniversário do 25 Abril e o portal RCAAP alia-se às dezenas de atividades no dia que mudou, indiscutivelmente, a história do nosso país.

Sugerimos alguns dos vários exemplos que o portal RCAAP agrega sobre a temática:

RLEC: primeiro recurso de 2017 a integrar o portal RCAAP

Fundada em 2013 e editada até 2016 numa parceria entre a Universidade do Minho e a Universidade de Aveiro, a Revista Lusófona de Estudos Culturais (RLEC) é hoje um projeto editorial do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS), da Universidade do Minho. Financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, disponibiliza as suas publicações no RepositóriUM da UMinho.

Tem como objetivo servir os países de língua oficial portuguesa, assim como as suas diásporas, proporcionando-lhes condições científicas que lhes permitam configurar os atuais desafios das culturas, das artes e das línguas.

A RLEC é uma revista académica on-line, de acesso livre, dirigida tanto a académicos consagrados, como a investigadores principiantes, nacionais e estrangeiros. Aceita artigos nas áreas das ciências humanas e sociais e das artes plásticas e performativas, nas línguas portuguesa e inglesa.

Portal RCAAP celebra Dia Internacional da Mulher

mulherNo Dia Internacional da Mulher, 8 de março, consulte e partilhe o que o portal RCAAP agrega sobre a temática.

Há exatamente 160 anos, o movimento feminino de operárias de Nova Iorque libertou as amarras que cingia a Mulher à imagem convencional a que o mundo estava habituado. Não tivesse sido esta grande reivindicação e as condições das mulheres não teriam sofrido alterações durante muitos anos.

O dia 8 de março de 1857 deveria ser uma referência mundial, desígnio de igualdade entre homens e mulheres. No entanto, não o é…

Para a maioria das mulheres é um dia alegre. Porém, não devemos esquecer o propósito da celebração. É impreterível refletir sobre a conjuntura feminina no mundo, sem nunca esquecer a similitude de direitos entre os géneros.

Não deixe de simbolizar este dia!

O Carnaval e o Projeto RCAAP

carnaval3Também conhecido como Entrudo, o Carnaval é uma festa pagã que se comemora em Portugal, sempre a uma terça-feira, 47 dias antes do domingo de Páscoa.

Terá começado a ser festejado pelos gregos de 600 a 520 a.C. como forma de agradecimento aos deuses pelas colheitas do ano.

Atualmente o Carnaval apresenta-se como um período de várias tradições, com particular destaque para as fantasias e disfarces. Época de diversão e brincadeiras, as quais “no Carnaval ninguém leva a mal”.

Nesta quadra repleta de tradições de norte a sul do país, não deixe de consultar e partilhar o que o portal RCAAP agrega sobre a temática. Sugerimos alguns exemplos: