Próxima geração de repositórios institucionais: chamada para comentários públicos

A Confederação de Repositórios de Acesso Aberto (COAR) anuncia a publicação dos resultados iniciais do Grupo de Trabalho COAR Next Generation Repositories para comentários públicos.

coarEm abril de 2016, a COAR lançou um grupo de trabalho para identificar novas funcionalidades e tecnologias para os repositórios e desenvolver mecanismos para a sua adoção.

O objetivo é posicionar os repositórios como a base para uma infraestrutura distribuida, globalmente em rede para a comunicação académica, acrescentando serviços de valor acrescentado, transformando o sistema, tornando-o mais centrado na pesquisa, aberto e apoiante da inovação.

Subjacente a essa visão está a ideia de que uma rede distribuída de repositórios pode e deve ser uma poderosa ferramenta para promover a transformação do ecossitema, ou seja, a comunicação académica. Neste contexto, os repositórios permitirão o acesso a artigos publicados com uma ampla gama de informação, além de publicações tradicionais, tais como documentos de trabalho, imagens, entre outros.

O grupo de trabalho apresenta 12 testemunhos de utilizadores que deliniaram funcionalidades para os repositórios, os quais recomendamos, vivamente, que consultem e comentem: nextgenrepo.coar-repositories.org

Pretende-se ter um feedback generalizado da comunidade, pelo que, todos os comentários são importantes!

Os comentários ao público estão abertos de 7 de fevereiro a 3 de março de 2017.

COAR-SPARC: Conferência 2015

AS INCRIÇÕES TERMINAM JÁ NO PRÓXIMO DIA 06 DE ABRIL

Irá decorrer nos próximos dias 15 e 16 de abril de 2015, no Porto, a conferência COAR-SPARC, tendo por mote: ligar resultados de investigação, construir comunidades, abrir o conhecimento.

COAR-SPARC2015

A organização está a cargo dos membros COAR (Confederation of Open Access Repositories) e SPARC (Scholarly Publishing and Academic Resources Coalition), Universidade do Porto e Universidade do Minho.

Prevê-se que o encontro ofereça um programa aliciante, com oradores de todo o mundo, no qual se pretende discutir as oportunidades e desafios para os repositórios / bibliotecas no contexto da ciência aberta e de conteúdos abertos, quer numa visão geral dos desenvolvimentos mais importantes, quer em sessões pragmáticas com tentativa de redefinir os papéis dos responsáveis numa época de fluxo constante.

Esta conferência tem como público-alvo bibliotecários, gestores de repositórios, investigadores, agências de financiamento, estudantes e todos os que se interessam por estas temáticas.

Como as inscrições são limitadas, pagas e com valores superiores depois do dia 13 de março, inscreva-se já!!!

Para mais informações visite o website COAR e SPARC.

Notícias da Confederation of Open Access Repositories (COAR)

COAR

Realizou-se nos dias 21 e 22 de março de 2014, em Roma, uma reunião do COAR (Confederation of Open Access Repositories). O encontro reuniu representantes de Austrália, Canadá, China, Europa, América Latina e Estados Unidos.

Desta reunião  destaca-se a importância de se criar uma infraestrutura global, para além das fronteiras geográficas. Contudo, tem vindo a realizar-se um esforço geral para a criação de redes de repositórios que permitem o acesso a conteúdos de investigação como artigos e dados. São uma importante fonte de informação para governos, agências de financiamento e instituições para que se perceba o impacto da investigação financiada por estes organismos.

As redes de repositórios regionais representam os contextos locais e diferem muitas vezes entre elas. Conseguir um alinhamento destas redes irá permitir a troca de informação e de dados, melhorando o acesso aos conteúdos entre as regiões e permitindo extrair o máximo de valor dos resultados da investigação.

É neste contexto que se irá realizar nos próximos dias 21 e 22 de maio, em colaboração com o OpenAIRE , no Museu da Acrópole em Atenas, o Encontro Anual do COAR que irá centrar-se nas formas como as infraestruturas de Acesso Aberto estão a ser implementadas em todo o mundo.

As sessões irão focar-se na interseção entre os repositórios e as bibliotecas, incluindo os serviços que estas podem prestar aos investigadores.

1ª Assembleia Geral do COAR

Realizou-se no dia 2 de Março de 2010, na Faculdade de Ciências da UNED Madrid a 1ª Assembleia Geral do COAR – Confederation of Open Access Repositories (http://coar-repositories.org/). Esta organização pretende promover e apoiar a expansão do Open Access através do desenvolvimento de normas e recomendações internacionais de interoperabilidade, advogando políticas de Open Access de organismos financiadores e instituições e trabalhando para aumentar as taxas de depósito e auto-arquivo nos repositórios.

Dos principais pontos da Assembleia Geral destaca-se a discussão e aprovação dos estatutos da associação, do tipo de membros e respectiva quota e ainda a apresentação do plano estratégico e orçamento para 2010. A assembleia foi viva e intensa já que nela participaram representantes de várias instituições de todo o mudo com papéis relevantes para o movimento de Open Access.

Portugal esteve representado pela FCCN (João Moreira), Universidade do Minho (Eloy Rodrigues) e pela Universidade do Porto (Eugénia Fernandes). Esperamos que este número venha a aumentar nos próximos meses.

COAR: uma nova organização para promover o Open Access

Signatários da fundação da COARFoi hoje formalmente constituída, em Gent na Bélgica, uma nova organização para promover o acesso livre à literatura científica: COAR –  Confederation of Open Access Repositories.

A nova organização pretende promover e apoiar a expansão do Open Access através do desenvolvimento de normas e recomendações internacionais de interoperabilidade, advogando políticas de Open Access de organismos financiadores e instituições e trabalhando para aumentar as taxas de depósito e auto-arquivo nos repositórios.

A COAR foi fundada hoje de manhã, com a assinatura formal da constituição e a realização de uma primeira Assembleia Geral (onde foi eleito o primeiro Executive Board), por 28 organizações interessadas e activas no domínio do Open Access, de vários países europeus, bem como do Canadá, China, Estados Unidos e Japão.

Entre os 28 fundadores da COAR contam-se as duas organizações portuguesas com responsabilidade executiva no projecto RCAAP: a Fundação para a Computação Científica Nacional e a Universidade do Minho.

A Confederation of Open Access Repositories irá agora procurar alargar significativamente o número dos seus membros e estabelecer um plano de trabalho para o próximo ano. Certamente voltará a ser tema de outros posts neste blog.