Iniciativa de Acesso Aberto SCOAP3 arranca a 1 de janeiro de 2014

No passado dia 5 de dezembro, o  CERN confirmou o lançamento da iniciativa de Open Access SCOAP3 a 1 de janeiro de 2014. Um vasto número de artigos científicos na área da Física de Partícula ficará disponível em regime de acesso aberto sem qualquer custo para os autores: todos poderão aceder a estes artigos; os autores terão reservados os seus direitos de autor; e serão aplicadas licenças que permitirão a reutilização alargada de toda a informação. SCOAP é o resultado de intensos preparativos e da criação de consensos com o apoio de parceiros em 24 países, entre os quais Portugal, representado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).

Com sede no CERN, esta é a maior iniciativa de acesso aberto à escala global jamais criada e envolve a colaboração internacional entre mais de mil bibliotecas, consórcios de bibliotecas e organizações de investigação. O projeto SCOAP3 conta com o apoio de agências de financiamento e foi estabelecido em cooperação com as principais editoras científicas, nomeadamente a Elsevier, IOP Publishing e a Springer. Para potenciamento de resultados foram reduzidos os valores de subscrições para milhares de bibliotecas participantes em todo o mundo, tornando possível a disponibilização de fundos para que estas bibliotecas possam apoiar o SCOAP3.

scoap3

Portugal está representado no consórcio SCOAP3 através da FCCN, unidade da FCT responsável por duas iniciativas nacionais no domínio da informação científica, o Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal – RCAAP e a Biblioteca do Conhecimento Online – b-on.

Liderado pelo CERN, o principal objetivo do SCOAP3 é conceder acesso irrestrito a artigos científicos publicados em revistas cientifícas que até agora estariam apenas acessíves a cientistas, em determinadas bibliotecas universitárias e, em geral, não ao alcance do grande público. Durante duas décadas, a disseminação aberta de informação preliminar, sob a forma de artigos publicados pré-revisão por pares (peer-review), tem sido a regra na Física de Altas Energias e em outras áreas relacionadas. O projeto SCOAP3 estende de forma sustentada esta oportunidade de partilha e permite alargar um serviço de revisão por pares de alta qualidade, tornando possível a disponibilização da versão final dos artigos, dentro dos principios do Acesso Aberto e da disseminação livre da ciência, não descurando direitos de propriedade intelectual dos autores, bem como o acesso geral para reutilização de conteúdos. No modelo SCOAP3, bibliotecas e agências de financiamento aderentes reunem recursos atualmente utilizados para subscrever revistas científicas para apoiar diretamente o sistema de revisão por pares, em cooperação com as editoras.

A iniciativa SCOAP3 espera estabelecer novas parcerias nas regiões Ásia-Pacifico, Américas, Europa, África e Médio Oriente, onde certamente os cientistas poderão desfrutar das vantagens do Acesso Aberto e muitas bibliotecas e consórcios de bibliotecas poderão beneficiar de reduções nos custos de subscrição.

(atualizada a 10 Dez)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s