Atas da 7ª ConfOA já disponíveis nos Cadernos BAD

capa-cadernos-bad-2016Em jeito de encerramento dos trabalhos relativos à ConfOA 2016, no final do passado mês de dezembro, foi publicado o número dos Cadernos BAD (nº2, 2016) o qual disponibiliza quase todos os artigos e pechas kuchas apresentados na 7ª Conferência Luso-Brasileira de Acesso Aberto (ConfOA) realizada nos dias 2, 3 e 4 de novembro de 2016, no Instituto Politécnico de Viseu.

Como descrito no editorial deste número especial, as temáticas dos trabalhos apresentados abrangem “um largo espectro temático, que vai desde a gestão de dados científicos, até à publicação de revistas científicas ou as políticas de Acesso Aberto, passando pelas questões dos direitos de autor, da bibliometria, da interoperabilidade e dos sistemas de gestão de informação científica (…) contribuindo para a partilha e atualização dos últimos desenvolvimentos do Acesso Aberto, particularmente, no mundo lusófono”.

ConfOA 2016: apresentações e vídeos já disponíveis

logo_confoa_se_viseu_dataEncontram-se já disponíveis as apresentações e os vídeos da 7ª Conferência Luso – Brasileira de Acesso Aberto, evento que se realizou no Instituto Politécnico de Viseu, em parceria com a FCCN, os Serviços de Documentação da Universidade do Minho e o IBICT, nos dias 2, 3 e 4 de novembro de 2016.

À semelhança do que tem vindo a acontecer, também a edição deste ano superou as expectativas quer ao nível de participantes inscritos (232), quer ao nível de apresentações realizadas: mais de 10 Comunicações, mais de 15 Pecha Kuchas e mais de 25 Pósteres.

A 7ª Conferência Luso-Brasileira de Acesso Aberto reuniu as comunidades portuguesa e brasileira que desenvolvem atividades de investigação, desenvolvimento, gestão de serviços e definição de políticas, relacionadas com o acesso aberto ao conhecimento, através de repositórios e de revistas de acesso livre.

A próxima ConfOA terá lugar na Fiocruz – Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, Brasil, nos dias 4, 5 e 6 de outubro de 2017.

7ª ConfOA: programa final

Nos próximos dias 2, 3 e 4 de novembro, no Instituto Politécnico de Viseu, decorrerá a 7ª Conferência Luso-Brasileira de Acesso Aberto, cujo programa já se encontra disponível, e pode ser consultado aqui.

Logos_CONFOA_2016

Destacamos a realização de 3 workshops que se irão realizar no dia 4 de novembro (9:30 – 12:30), em paralelo, em três locais distintos, para os quais se encontram abertas as incrições:

  • workshop 1 – Acesso Aberto no IPV: Tudo sobre o Acesso Aberto no IPV: as insfraestruturas, os serviços e os requisitos FCT e H2020. Formadores: Ricardo Saraiva – Universidade do Minho; Paulo Lopes – FCT/FCCN; Vasco Vaz – FCT; Ângelo Fonseca – Instituto Politécnico de Viseu. Local: Instituto Politécnico de Viseu.

Inscriçõeshttps://goo.gl/forms/n2rQN7LL1Y1e3ud42

  • workshop 2 – Sistemas CRIS: Sistemas de Gestão de Ciência e Repositórios. Formadores: João Mendes Moreira – FCT/FCCN; Fernando Ribeiro – FCT/FCCN; Cátia Laranjeira – FCT/FCCN, José Carvalho – Universidade do Minho. Local: Instituto Politécnico de Viseu.

Inscriçõeshttps://goo.gl/forms/n2rQN7LL1Y1e3ud42

  • workshop 3 – OpenAIRE Portugal: Ciência Aberta e os Requisitos dos Financiadores: Open Access e Open Data no Horizonte 2020. Formadores: Stephen Curry – Imperial College London (Faculty of Natural Sciences); Eloy Rodrigues – Universidade do Minho; Pedro Príncipe – Universidade do Minho. Local: Instituto de Investigação Interdisciplinar da Universidade de Coimbra (ver: www.uc.pt/iii/contactos).

Inscriçõeshttps://goo.gl/forms/rc21dxV80GZsNA3S2

A inscrição é gratuita, mas obrigatória para cada um dos workshops, sendo o número de inscrições limitado à capacidade das salas.

Em caso de dúvida poderão usar o email: confoa2016@pres.ipv.pt

Prorrogação do prazo de submissões de trabalhos para a CONFOA 2016

A submissão de comunicações e pósteres foi prorrogada até dia 15 de maio de 2016.

Os trabalhos poderão ser submetidos nas seguintes modalidades:

  1. a) Comunicações – Deverá ser submetido um resumo informativo de 1 a 2 páginas (aproximadamente 500 a 1.000 palavras), contendo: objetivos, metodologia, resultados e conclusões. Para tal, utilize o formulário de submissão para inserir o resumo da comunicação.
  2. b) Pósteres – Deverá ser submetido um resumo informativo de 1 página (até 500 palavras) contendo: objetivos, metodologia, resultados e conclusões. Para tal, utilize o formulário de submissão para inserir o resumo do póster.

Logos_CONFOA_2016

Para fins de publicação nos Cadernos BAD revista online e em acesso livre, os resumos submetidos e aprovados como Comunicação deverão ser posteriormente complementados com o texto completo.

Serão aceites trabalhos em português, espanhol ou inglês, desde que abordem temáticas relevantes para o contexto luso-brasileiro.

Os temas a serem tratados no âmbito da Conferência são os seguintes:

  • Acesso Aberto e Ciência Aberta (práticas e implicações)
  • Repositórios de publicações científicas;
  • Revistas científicas de acesso aberto;
  • Gestão de dados científicos abertos e repositórios de dados científicos;
  • Políticas e mandatos de acesso aberto;
  • Publicação institucional (editoras universitárias e outras iniciativas)
  • Interoperabilidade entre os repositórios e outros sistemas de informação de apoio à atividade científica e académica;
  • Sistemas de gestão da Ciência e Tecnologia (CRIS);
  • Preservação digital;
  • Direitos de autor;
  • Acesso aberto, bibliometria e métricas alternativas.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas através da página web: http://confoa.rcaap.pt/inscricoes/

Caso tenha alguma dúvida ou questão, poderá contactar-nos através do email confoa2016@pres.ipv.pt.

Acompanhe-nos nas redes sociais:

Facebook: https://goo.gl/wQZHIR  e Twitter: https://twitter.com/confoa

Mais informações em: http://confoa.rcaap.pt/

Lembrete: ConfOA 2016 – chamada de trabalhos

Logo_confoa_Sé_ViseuRecordamos que termina já no próximo dia 01 de maio de 2016 o prazo para submissão de trabalhos para a 7ª Conferência Luso-Brasileira de Acesso Aberto (ConfOA), que este ano se realiza no Instituto Politécnico de Viseu.

Os temas a serem tratados no âmbito da Conferência são os seguintes:

  • Acesso Aberto e Ciência Aberta (práticas e implicações)
  • Repositórios de publicações científicas;
  • Revistas científicas de acesso aberto;
  • Gestão de dados científicos abertos e repositórios de dados científicos;
  • Políticas e mandatos de acesso aberto;
  • Publicação institucional (editoras universitárias e outras iniciativas)
  • Interoperabilidade entre os repositórios e outros sistemas de informação de apoio à atividade científica e académica;
  • Sistemas de gestão da Ciência e Tecnologia (CRIS);
  • Preservação digital;
  • Direitos de autor;
  • Acesso aberto, bibliometria e métricas alternativas.

O website da conferência aguarda pelos vossos trabalhos: http://confoa.rcaap.pt/submissoes-on-line/

Caso tenha alguma dúvida ou questão, poderá contactar-nos através do emailconfoa2016@pres.ipv.pt.

ConfOA 2016: chamada de trabalhos e alteração de datas

Dando continuidade ao assinalável êxito das edições anteriores, a 7ª Conferência Luso Brasileira de Acesso Aberto (ConfOA) irá realizar-se no Instituto Politécnico de Viseu nos dias 2 e 3 de novembro de 2016 (com workshops pós-conferência previstos para o dia 4 de novembro).*

Logos_CONFOA_2016

A Conferência pretende reunir as comunidades portuguesa e brasileira, que desenvolvem atividades de investigação, desenvolvimento, gestão de serviços e definição de políticas relacionadas com o acesso aberto ao conhecimento e à ciência aberta, com o objetivo de promover a partilha, discussão e divulgação de conhecimentos, práticas e investigação sobre estas temáticas, em todas as suas dimensões e perspectivas.

Os temas a serem tratados no âmbito da Conferência são os seguintes:

  • Acesso Aberto e Ciência Aberta (práticas e implicações)
  • Repositórios de publicações científicas;
  • Revistas científicas de acesso aberto;
  • Gestão de dados científicos abertos e repositórios de dados científicos;
  • Políticas e mandatos de acesso aberto;
  • Publicação institucional (editoras universitárias e outras iniciativas)
  • Interoperabilidade entre os repositórios e outros sistemas de informação de apoio à atividade científica e académica;
  • Sistemas de gestão da Ciência e Tecnologia (CRIS);
  • Preservação digital;
  • Direitos de autor;
  • Acesso aberto, bibliometria e métricas alternativas.

Convidamos todos os interessados a submeter os seus trabalhos (nas modalidades de Comunicação e Póster) a partir de agora, através do website da conferência http://confoa.rcaap.pt.

Caso tenha alguma dúvida ou questão, poderá contactar-nos através do email confoa2016@pres.ipv.pt.

Acompanhe-nos nas redes sociais:

Facebook: https://goo.gl/wQZHIR  e Twitter: https://twitter.com/confoa

*Devido à reintrodução do feriado nacional no dia 1 de novembro, as datas da 7ª ConfOA foram alteradas para 2 e 3 de novembro, e os workshops passaram de pré-conferência para pós-conferência a 4 de novembro.

7ª Confoa: 31 de outubro, 1 e 2 de novembro de 2016

Em 2016 a 7ª Conferência Luso-Brasileira de Acesso Aberto irá realizar-se no Instituto Politécnico de Viseu, nos dias 1 e 2 de novembro. O evento será antecedido por workshops pré-conferência no dia 31 de outubro.

Durante o mês de janeiro serão divulgados os formatos, as modalidades e o período em que os trabalhos poderão ser submetidos.confoa_facebook.fw Desde a realização da primeira conferência em 2010 que o evento é organizado em parceria pelos Serviços de Documentação da Universidade do Minho (SDUM), pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) e pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT).

Esta conferência decorre na sequência do Memorando de Entendimento assinado entre os ministros de ciência de Portugal e do Brasil em outubro de 2009, e dá continuidade às Conferências sobre o Acesso Livre ao Conhecimento, organizadas pela Universidade do Minho em 2005, 2006, 2008, as duas últimas já no âmbito do projeto RCAAP (Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal).

A Conferência pretende reunir as comunidades brasileiras e portuguesas que desempenham atividades (pesquisa, desenvolvimento, gestão de serviços, definição de políticas, etc.) relacionadas com o Acesso Aberto ao conhecimento científico.

CALL 7: Acolhimento ConfOA 2016

Termina já no próximo dia 07 de setembro de 2015 o período para apresentação de candidaturas para acolhimento da 7ª Conferência Luso Brasileira de Acesso Aberto por parte das Instituições do sistema científico e de ensino superior nacional.

7ªConfoa2016_.fwAs conferências Luso Brasileiras de Acesso Aberto surgiram na sequência do Memorando de Entendimento assinado entre os Ministros da Ciência e Tecnologia de Portugal e do Brasil em Outubro de 2009. A primeira foi organizada em 2010 pela Universidade do Minho e a sexta irá realizar-se-á de 4 a 7 de Outubro de 2015 em Salvador da Bahia, Brasil.

Estas conferências pretendem reunir as comunidades brasileiras e portuguesas que desenvolvem actividades (pesquisa, desenvolvimento, gestão de serviços, definição de políticas, etc.) relacionadas com o Acesso Aberto ao conhecimento científico.

As instituições que estejam interessadas em acolher a 7ª Conferência Luso Brasileira de Acesso Aberto deverão, até ao dia 7 de Setembro de 2015, comunicar esse interesse enviando uma mensagem de correio electrónico para o endereço info@rcaap.pt, com os seguintes elementos:

1. Nome e breve caracterização da instituição;
2. Motivação para acolherem a conferência;
3. Composição da comissão organizadora local (1 a 2 elementos) que será responsável por, em articulação com a comissão organizadora permanente portuguesa e brasileira, organizar a conferência;

4. Caracterização dos espaços considerando que:
a) É necessário um auditório com capacidade para cerca de 250 pessoas;
b) São necessários espaço(s) junto ao local da conferência para afixação dos posters, para a realização de coffee breaks e de almoços, e para o registo dos participantes;
c) É desejável dispor de outra sala/auditório com capacidade para cerca de 100 pessoas (para o caso de ser necessário realizar sessões paralelas);
d) É desejável dispor de 1 ou 2 salas pré/pós evento, com capacidade para entre 50 e 100 pessoas, para eventuais tutoriais/oficinas conferência;

5. Caracterização dos serviços de áudio e vídeo indicando não apenas as principais características do equipamento disponível em cada um dos espaços como também os potenciais recursos para os operarem;

6. Confirmação da disponibilidade em assegurar as actividades de logística considerando que é necessário tratar dos aspectos relacionados com as inscrições e coffee-breaks de todos os participantes; o alojamento, viagens e refeições dos convidados; o merchandising (pastas/mochilas, pendurantes/crachats e eventualmente outros materiais) e ainda materiais de promoção, divulgação e sinalética bem como a relação com potenciais patrocinadores;

7. Custos a suportar pela FCT|FCCN. Considerando uma estimativa global dos custos totais do evento (viagens e alojamento de convidados, merchandising e materiais de promoção, coffee-breaks, refeições dos membros da comissão organizadora, científica e convidados, etc.), a existência de eventuais patrocínios e de suporte financeiro da própria instituição, quais os custos que teriam de ser suportados pela FCCN.
A FCCN assegurará a gravação e difusão do evento bem como a disponibilização da plataforma de gestão da conferência.